Armar professores não evitaria massacres como o de Saudades (SC)

Logo após um jovem de 18 anos matar, a golpes de facão, três crianças, uma professora e uma funcionária em uma creche, em Saudades (SC), nesta terça (4), postagens circularam em redes sociais e aplicativos de mensagens afirmando que isso não teria acontecido se professores e funcionários estivessem armados.

Read more here:: Leggere Noticias


RICERCA PUBBLICARE ITALIA


it_ITItaliano